segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Meyer Werft: Spectrum of the Seas prepara-se para a ser lançado



Sua quilha agora é banhada pela água do rio Ems, através da qual ele se juntará ao Mar do Norte dentro de algumas semanas. Na grande sala de construção coberta do pátio do Meyer Werft em Papenburg, na Alemanha, o Spectrum of the Seas está se preparando para a sua grande excursão. Isso acontecerá em meados de fevereiro, o novo navio da empresa Royal Caribbean International American será inicialmente concluído no estaleiro  antes de ser rebocado no início de março para o porto holandês de Eemshaven, a fim de seus ensaios no mar.
Quarto representante de sua Classe, que já tem visto a entrega de Quantum of the Seas, Anthem of the Seas e Ovation of the Seas entre 2014 e 2016, Spectrum of the Seas é o primeiro de duas unidades da versão "Quantum Ultra" , evolução dos três primeiros navios desta série.
Com 347 metros de comprimento, 41,4 metros de largura e 168.800 GT, o Spectrum of the Seas terá aproximadamente 2100 cabines. Programado para entrar em serviço na primavera, será seguido por um gêmeo, entregue pelo Meyer Werft em 2020.
O fabricante alemão também está trabalhando em uma nova geração de navios de cruzeiro para a Royal Caribbean International. Este é o projeto Icon, que envolve a construção de navios de aproximadamente 200.000 GT e 2500 cabines, com propulsão de gás natural liquefeito que também serão equipados com células de combustível. Eles serão feitos pelo Meyer Turku, uma subsidiária finlandesa da Meyer Werft. O pedido inicial é para dois navios disponíveis em 2022 e 2024. Um terceiro e um quarto navio da Classe Icon devem ser confirmados para o comissionamento em 2025 e 2027.
Enquanto isso, o armador americano continua a construir na França seus gigantes da classe Oasis, que ainda detêm o título de maiores transatlânticos do mundo. Enquanto os dois primeiros saíram de Turku em 2009 e 2010, Saint-Nazaire completou em 2016 e 2018 o Harmony of the Seas e o Symphony of the Seas. Esses navios de 362 metros, quase 228.000 tonaledas e mais de 2750 cabines serão seguidos em 2021 por um navio irmão. Mais dois devem ser adicionados em 2023 e 2026.
Fonte/adaptação: Mer et Marine
Imagem: Meyer Werft - Todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário