sábado, 30 de dezembro de 2017

Navios com quase 10 mil turistas chegam ao Rio para a festa de réveillon




Passageiros que estão em 6 cruzeiros e outras 250 embarcações vão assistir a queima de fogos do mar de Copacabana. Cerca de 53% dos turistas que chegam de navio no RJ são de São Paulo e Minas diz pesquisa


Se alguns vão festejar a chegada de 2018 nas areias de Copacabana, outros terão o privilégio de assistir ao show pirotécnico do mar. Na manhã deste sábado (30), três grandes navios cruzeiros atracaram no Píer Mauá, na Zona Portuária do Rio. Os navios chegaram à cidade trazendo quase 10 mil turistas a bordo. Segundo pesquisa, 53% dos turistas são de São Paulo e Minas Gerais.


Nós estávamos em Buenos Aires e estamos vindo para cá porque o réveillon de Copacabana é o que todo mundo deseja, todo mundo espera e gosta. E essa chuva não vai atrapalhar nossa festa. ”, diz a administradora Liana Lima.



O RioCeptur, Centro de Estudos do Rio Convention & Visitors Bureau, analisou o perfil dos visitantes que estarão na cidade para o feriado deste Réveillon. De acordo com análise, o mercado nacional vai liderar o ranking de turistas durante o período.


Segundo a pesquisa, dos visitantes que chegam ao Rio de Janeiro de navio, 53% deles são dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Para o Gerente de Operações do Píer Mauá, Alexandre Gomes, o mercado de cruzeiro marítimo volta a crescer.


"Essa temporada marca uma temporada de crescimento. O cruzeiro marítimo volta a crescer nos mares do Brasil. Para a temporada do ano que vem nós já temos uma previsão de 15% a 20% de aumento na temporada. Isso significa que o mercado está reaquecendo”, diz Alexadre.


Em entrevista a GloboNews, o turista paulista garante que vai aproveitar ao máximo a cidade. “O Rio é a cidade maravilhosa, né? Nós estamos aqui para aproveitar o máximo dessa cidade. Vamos visitar o Cristo Redentor, que sempre foi meu sonho. E nós que viemos do interior de São Paulo, estamos muito felizes de fazer esse cruzeiro”, diz o turista.


Fonte: G1 Rio - Todos os direitos reservados
Imagem: reprodução/TV Globo - Todos os direitos reservados



Nenhum comentário:

Postar um comentário