sexta-feira, 13 de março de 2020

Royal Caribbean suspende cruzeiros nos EUA por 30 dias


O grupo Royal Caribbean anunciou a suspensão dos cruzeiros nos Estados Unidos com embarque a partir de amanhã (14) pelos próximos 30 dias. "Entendemos a gravidade da crise de saúde pública que o país enfrenta e esta é a nossa parte a desempenhar", afirma comunicado da empresa. Cruzeiros que partem dos portos dos EUA até hoje (13) operam seus itinerários programados. E os navios já em viagem terminarão seus itinerários conforme planejado.

"Estamos entrando em contato com nossos hóspedes para ajudá-los a lidar com essa situação em suas férias e lamentamos profundamente a inconveniência. Também estamos nos comunicando com nossa tripulação para resolver as implicações que essa decisão pode representar. Entendemos que é uma situação de tensão aos nossos hóspedes, tripulantes e equipe, e estamos trabalhando para minimizar seus impactos", afirmou a Royal Caribbean em nota.

Fonte: Panrotas

Costa fará uma pausa em todos os cruzeiros até abril



A Costa Cruzeiros anunciou na sexta-feira que suspenderá voluntariamente as operações globais dos navios, impactando as viagens até 3 de abril.

 "Como líder do setor, sentimos que é nossa responsabilidade estar pronto para fazer escolhas difíceis quando os tempos exigirem", disse Neil Palomba, presidente da Costa Cruises.  “Na Costa, sempre temos a saúde e a segurança de nossos hóspedes e tripulantes no coração.  Agora que essas circunstâncias sem precedentes exigem ações sem precedentes para garantir que as pessoas em todo o mundo permaneçam saudáveis, estamos prontos para desempenhar nosso papel ".

 "Viajar pelo mundo a bordo de um navio de cruzeiros da Costa Cruises e explorar novos destinos e culturas é uma experiência enriquecedora. Realizamos esse sonho para milhões de pessoas em mais de 70 anos de história, e estaremos prontos para compartilhar esses momentos felizes.  experiências com todos os nossos convidados novamente em breve ".

 A empresa divulgou uma declaração que dizia: "Nos últimos meses, a Costa Cruises reforçou ainda mais as medidas de precaução em sua frota e seguiu rigorosamente as diretrizes da Organização Mundial da Saúde, no entanto, a logística de viajar pelo mundo é hoje mais desafiadora do que nunca  e com o aumento das restrições adotadas por vários países que realizam operações seguras e tranquilas, a Costa Cruzeiros já havia revisado os itinerários de seus navios que faziam escala nos portos italianos até 3 de abril, enquanto as operações da Costa  na China já foram suspensos em 25 de janeiro ".

 Os cruzeiros atualmente em andamento terminarão seu cruzeiro atual apenas para permitir que os hóspedes desembarquem e retornem à sua casa.

 A Costa Cruises informa imediatamente os agentes de viagens e os clientes que estavam ansiosos para embarcar em um dos navios da Costa, que receberá um voucher para reembolso total.

Fonte/adaptação: Cruise Industry News 

Disney Cruise Line também suspende temporariamente as operações



A Disney Cruise Line anunciou que suspenderá todas as novas partidas a partir de sábado, 14 de março de 2020, até o final do mês a bordo dos quatro navios da empresa.

 O Disney Dream partirá em um cruzeiro de três noites a partir de Port Canaveral, conforme programado na sexta-feira, 13 de março, e retornará a Port Canaveral na segunda-feira, 16 de março. O Disney Fantasy e o Disney Magic retornarão ao porto no sábado, 14 de março.  O Disney Wonder, que atualmente está no meio de um cruzeiro pelo canal do Panamá para o oeste, continuará em seu itinerário programado, com os hóspedes desembarcando em San Diego na sexta-feira, 20 de março.

 A Disney Cruise Line oferecerá aos passageiros afetados por esta decisão um crédito futuro para o cruzeiro ou um reembolso total, cujos detalhes serão fornecidos diretamente a eles.  Dado o volume de chamadas mais alto do que o normal em nossa Central de atendimento, solicitamos que os hóspedes afetados ou seu agente de viagens esperem entrar em contato conosco até receberem um e-mail nosso.  A Disney Cruise Line decidiu suspender todas as novas partidas a partir de sábado, 14 de março de 2020, até o final do mês.  Essa medida de precaução se aplica a todos os quatro navios de cruzeiro da Disney.

 "Embora saibamos que essa decisão pode ser decepcionante, a saúde e o bem-estar de nossos hóspedes são da maior importância. Estamos igualmente comprometidos com o bem-estar de nossos incríveis tripulantes que vivem e trabalham a bordo de nossos navios e em Castaway Cay. Durante o período suspenso  operações, a Disney Cruise Line continuará a compensar nossos membros da tripulação e membros do elenco em terra", disse a empresa.

Fonte/adaptação: Cruise Industry News 

quinta-feira, 12 de março de 2020

Cruzeiros suspensos pelo mundo



 Ontem à noite, o presidente Trump anunciou uma proibição de viagem da Europa para os Estados Unidos, que entra em vigor na sexta-feira à meia-noite.  Como resultado da proibição e da situação atual do coronavírus em expansão, as linhas de cruzeiros começaram a suspender as operações em todo o mundo.  Os voos também foram afetados, o que significa que os cruzeiristas terão dificuldade em chegar ao navio de cruzeiro.

 Até agora, a Princess Cruises e a Viking Cruises anunciaram uma suspensão das operações em todo o mundo, impactando milhares de passageiros.  Pode haver ainda mais linhas de cruzeiros fazendo o mesmo nos próximos dias.  

Suspensão da Princess Cruises:


 A linha de cruzeiros pertencente à Carnival anunciou uma pausa voluntária de 60 dias nas operações que afetará todos os 18 navios da frota.  A suspensão afetará os cruzeiros de 12 de março a 10 de maio. Isso também visa ajudar a impedir a propagação do vírus mortal COVID-19 pelo qual a Princess Cruises foi fortemente afetada.  Jan Swartz, presidente da Princess Cruises, disse:

 “A Princess Cruises é uma empresa global de férias que atende diariamente mais de 50.000 visitantes de 70 países, como parte de nossos diversos negócios, e é sabido que temos gerenciado as implicações do COVID-19 em dois continentes”

 “Ao tomar essa ação ousada de pausar voluntariamente as operações de nossos navios, é nossa intenção tranquilizar nossos hóspedes leais, membros da equipe e partes interessadas globais de nosso compromisso com a saúde, segurança e bem-estar de todos os que navegam conosco, bem como aqueles que fazem negócios conosco e com os países e comunidades que visitamos em todo o mundo. "  

O cancelamento de cruzeiros ao redor do mundo não começará imediatamente.  Aqueles que estão atualmente em um cruzeiro que terminará nos próximos cinco dias poderão terminar suas férias normalmente.  Os hóspedes com reservas em cruzeiros cancelados poderão obter um reembolso que poderá ser usado em um cruzeiro futuro.  

A Princess Cruises também oferece um crédito de cruzeiro futuro, que os hóspedes podem aproveitar a bordo.

 Suspensão da Viking Cruises:


 A Viking Cruises também está suspendendo as operações para cruzeiros maritimos  e cruzeiros fluviais em todo o mundo.  A interrupção das operações ocorrerá até 1º de maio e é o resultado da proibição de viagens da Europa anunciada ontem pelo presidente Trump e para ajudar a impedir a propagação do coronavírus mortal, também conhecido como COVID-19.

 Em uma carta que a Viking enviou, ela incluiu: 

 Nos últimos dias, tivemos uma experiência em que um hóspede de um cruzeiro fluvial no sudeste da Ásia foi exposto ao COVID-19 enquanto estava em trânsito em uma companhia aérea internacional.  Embora este hóspede não apresente sintomas, ele foi colocado em quarentena.  Separadamente, os 28 convidados restantes também serão colocados em quarentena.

 Estamos escrevendo hoje porque a situação agora se tornou tal que operar como uma empresa de viagens envolve riscos significativos de quarentenas ou detenções médicas, o que poderia diminuir as experiências de viagem para as quais nossos hóspedes planejam.  Como uma empresa privada com finanças fortes, não precisamos nos preocupar com as expectativas de lucro trimestrais - e essa flexibilidade nos permite fazer o que é melhor para nossos hóspedes e funcionários, como sempre fizemos.


 Portanto, tomamos a difícil decisão de suspender temporariamente as operações de nossos navios fluviais e oceânicos de 12 de março a 30 de abril de 2020 - momento em que acreditamos que a Viking estará em uma situação  melhor para fornecer as experiências que nossos hóspedes esperam e merecem.  Esta é uma decisão que tomamos com o coração pesado, mas, nas circunstâncias atuais não podemos oferecer a experiência Viking de alta qualidade pela qual somos conhecidos.

 O cancelamento de cruzeiros ocorrerá de 12 de março a 30 de abril de 2020 devido às crescentes limitações de viagens.  A linha de cruzeiros de luxo oferece aos hóspedes que reservarem passagens com cancelamento um voucher de US $ 125 para um futuro cruzeiro, o voucher terá que ser usado nos próximos 24 meses.

 Indústria de cruzeiros: tempos difíceis

 Não há dúvida de que é um período muito difícil para a indústria de cruzeiros e para todas as viagens como um todo.  As reservas caíram porque os cruzeiristas estão assustados devido às crescentes preocupações com o coronavírus e as quarentenas.


 Muitos itinerários de cruzeiros já foram impactados nas últimas semanas, com portos de cruzeiro negando navios e atrasos devido aos testes COVID-19 a bordo.  A indústria de cruzeiros também está trabalhando com o governo junto com os Centros de Controle de Doenças (CDC) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) para garantir que os hóspedes e a tripulação permaneçam seguros.


Fonte/adaptação: Cruise Hive

Em respeito às medidas de contenção do Governo Italiano, Costa Cruzeiros se antecipa e anuncia alteração em seus itinerários na Itália



Após as novas medidas anunciadas na noite passada pelo governo italiano em um esforço para conter a emergência de saúde em território nacional, a Costa Cruzeiros revisou os itinerários de seus navios que realizam escalas nos portos italianos até o próximo dia 3 de abril.


“Como empresa italiana e a única armadora navegando sob a bandeira italiana, estamos comprometidos em garantir a conformidade com os regulamentos e o apoio às autoridades italianas e a comunidade nesse empenho extraordinário para enfrentar a atual situação de emergência”, disse Neil Palomba, presidente Global da Costa Cruzeiros. 


Os cruzeiros atualmente em atividade farão escalas nos portos italianos apenas para permitir que os hóspedes desembarquem e retornem aos seus locais de origem, sem excursões ou novos embarques.

A empresa está informando todos os hóspedes afetados por essas alterações, oferecendo um crédito para que eles possam aproveitar a experiência de um cruzeiro Costa posteriormente.

Nos últimos dias, a Costa Cruzeiros já havia impedido a presença de hóspedes italianos em cruzeiros que partiam fora do Mediterrâneo em um esforço para conter riscos, preservar o ambiente e aplicar as medidas específicas emitidas pelo governo italiano.

A proteção da saúde e a segurança dos hóspedes e da tripulação são prioridade para a Costa Cruzeiros. A bordo dos navios da Costa, o nível de higienização foi elevado para garantir a máxima higiene e a segurança para hóspedes e tripulantes. A companhia vem adotando rígidos procedimentos de saúde para o embarque de passageiros desde o início do surto do Covid-19.


Nova condição especial para viagens nacionais e internacionais. Alteração em política de cancelamento

A Costa Cruzeiros anuncia também a alteração em sua política de cancelamento. Para auxiliar o hóspede a organizar suas férias a bordo com tranquilidade, a companhia marítima oferece o cancelamento gratuito e sem penalidade para as reservas novas e individuais efetuadas no período de 9 de março a 30 de abril de 2020. 


Essa facilidade na política de cancelamento é válida para os cruzeiros internacionais da Costa ao longo de 2020, com embarques a partir de 1º de maio; e para todos os roteiros previstos na temporada 2021 no mundo, incluindo as viagens pela América do Sul e as travessias transatlânticas Brasil-Itália a bordo dos navios Costa Fascinosa, Costa Luminosa e Costa Pacifica. 

Para garantir a gratuidade, o cancelamento do cruzeiro deve ser realizado até o dia 30 de abril de 2020. O benefício não será aplicado nas viagens que já tenham sido alteradas antes de 9 de março.

Para mais informações, entre em contato com a Costa Cruzeiros por seus canais de atendimento. O novo benefício na política de cancelamento também está disponível para as agências de viagens parceiras da companhia marítima no portal Costa Extra (www.costaextra.com.br).

Fonte Jornal Turismo e Eventos  

quarta-feira, 11 de março de 2020

Coronavírus: Emirados Árabes proíbem paradas de cruzeiros



Os Emirados Árabes Unidos proibiram a operação de cruzeiros nos portos locais para impedir a propagação do novo coronavírus na região. A decisão foi tomada após o segundo caso de infecções em cruzeiros, no navio Grand Princess, que aportou na Califórnia. O primeiro caso ocorreu no Japão, no navio Diamond Princess, onde mais de 600 pessoas foram infectadas após a embarcação ficar em quarentena no porto de Yokohama.

Na segunda-feira (9), a Índia já havia proibido todos os navios de cruzeiro estrangeiros de seus portos devido ao surto de Covid-19. No domingo (8), foi a vez dos Estados Unidos se manifestarem, por meio do Departamento de Estado, que aconselhou aos cidadãos norte-americanos que evitassem viagens em cruzeiros. As recomendações do governo fizeram inclusive que diversas companhias alterassem políticas de cancelamento.

A proibição de navios de cruzeiro nos Emirados Árabes Unidos vem junto de um aviso aos cidadãos do país para que não realizem viagens ao exterior. Os que viajarem podem ser colocados em quarentena. O país também fechou suas escolas por quatro semanas, enquanto um grande número de eventos foi cancelado.


A região se tornou um importante destino de cruzeiros para as principais companhias. Algumas inclusive realizaram parcerias com a Emirates para atender à região. Dubai é destaque, recebendo mais de 800 mil cruzeiristas durante a temporada de inverno 2018/2019, com cerca de cinco navios por ano. Já Abu Dhabi recebe mais de 300 mil passageiros de cruzeiros por temporada e investiu enormemente em suas instalações no porto de Mina Zayed.

Fonte: Mercado e Eventos 




sábado, 11 de janeiro de 2020

Costa Cruzeiros oferece tarifas grátis para 3º e 4º hóspedes



Costa Cruzeiros lançou uma nova edição da campanha Chaminé Amarela, que garante a gratuidade para o terceiro e o quarto hóspede reservados na mesma cabine em cruzeiros na América do Sul. A promoção é válida para reservas efetuadas até o dia 26 de janeiro de 2020 em cabines internas, externas e com varanda na categoria Basic, para os roteiros que partem de Santos (SP) em 25 de janeiro; 2,8 e 29 de fevereiro e 23 de março a bordo do Costa Fascinosa.

A campanha inclui ainda o cruzeiro de páscoa, com embarque em 6 de abril, e o da travessia transatlântica Brasil-Itália, com saída programada para 14 de abril. Para os roteiros com partidas nos dias 19 e 25 de janeiro e em 2 e 8 de fevereiro, os viajantes contam ainda com preços especiais na reserva de cabines internas, externas e com varanda na categoria Basic.

Enquanto o cruzeiro com embarque em 2 de fevereiro passará por Búzios (RJ), Salvador e Ilhabela (SP), os roteiros com partidas em 25 de janeiro, 8 e 29 de fevereiro, 23 de março e 6 de abril percorrem as capitais uruguaia e argentina em um percurso de oito noites. Já a travessia transatlântica percorrerá as cidades do Rio de Janeiro, Ilhéus (RJ), Salvador, Maceió, Recife, Santa Cruz de Tenerife (Espanha), Tânger (Marrocos), Cádiz (Espanha), Málaga (Espanha), Valência (Espanha) e Gênova (Itália).

Com capacidade para 3.800 hóspedes, o Costa Fascinosa possui decoração inspirada em filmes clássicos e conta com cinco piscinas, sete jacuzzis, 13 bares, cassino, teatro, cinema 4D, espaço para crianças e o Spa Samsara.

Fonte: Panrotas
Imagem: Divulgação 


sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Porto de Santos já pode receber cadastro migratório em QR Code



Visando tornar os embarques e desembarques mais rápidos, a Polícia Federal, em parceria com a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA Brasil), a Costa Cruzeiros, a MSC Cruzeiros e a Pullmantur, lançou um guia ilustrado que explica como fazer o Pré-Cadastro Migratório - disponível no site da PF - e levá-lo preenchido em formato de QR Code ou impresso. A iniciativa já poderá ser utilizada nos embarques do próximo domingo (12). Por enquanto, a ação é destinada apenas ao Porto de Santos (SP), mas o plano é estendê-la para todo o Brasil, gradativamente.



"Uma viagem tranquila e bem-sucedida começa com um bom planejamento e organização, e isso também envolve a documentação necessária para o embarque. Acreditamos que esse Guia facilita e estimula as pessoas a usarem essa tecnologia simples e eficaz, que está disponível a todos. Ter o documento preenchido e o QR Code gerado no próprio celular, ou até impresso, com certeza vai gerar uma economia significativa de tempo, que poderá ser aproveitado melhor entre todos os atrativos que uma viagem de navio proporciona", afirma o presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz.

uso do QR Code, no entanto, não dispensa a necessidade de levar o passaporte ou RG originais emitidos nos últimos dez anos. É importante lembrar ainda que pré-cadastroo deve ser feito com, no máximo, dois dias de antecedência do embarque. Menores de 18 anos continuam com as exigências de autorizações e documentos que devem ser apresentados aos agentes da Polícia Federal. 

Fonte: Panrotas

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Cruzeiros voltam a por o Pará na rota turística mundial


Governo recepcionou mais de 1,3 mil estrangeiros neste sábado , em Belém



A recepção calorosa, típica do povo paraense, encheu de sorrisos os quase 1,4 mil turistas estrangeiros que desembarcaram do transatlântico Wiking Sea, neste sábado (4), no Porto de Icoaraci, distrito da capital paraense. As belezas do Estado e as possibilidades encontradas aqui atraem cada vez mais visitantes.

Depois de um tempo longe do Pará, os grandes cruzeiros voltaram a colocar o Estado como rota, por conta dos grandes atrativos. E para encantar ainda mais os turistas, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) preparou um comitê de boas vindas aos recém-chegados. Música ao vivo, feira de artesanato local, material com dicas do que fazer na capital paraense e brindes culturais foram algumas das atrações disponíveis na recepção aos turistas. 

"Receber bem o visitante é uma característica do povo paraense. Além disso, o bom acolhimento é o primeiro passo para que o turista leve boas lembranças e volte em outra ocasião, inclusive trazendo mais pessoas". André Dias, secretário de Estado de turismo.



A Setur coordenou a recepção aos turistas em um trabalho articulado com outras instituições como a Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Polícia Militar, Prefeitura Municipal de Belém e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A organização das boas vindas aos passageiros do cruzeiro marítimo foi bem avaliada por profissionais do turismo local, como opinou Marco Romero, que trabalha como guia turístico no Pará há 20 anos.

“É a primeira vez que vejo uma recepção desse tipo para turistas que desembarcam de um cruzeiro internacional. Não é só cuidar da segurança e do trânsito, é mostrar a música e o artesanato local também. Isso é um diferencial muito grande, pois a primeira impressão que se tem da cidade visitada é fundamental para a experiência do passeio, principalmente após a pessoa passar muito tempo no navio”, explica. 

Recepção positiva - A animação surpreendeu o australiano Ryan Jarhas, que veio com a família pela primeira vez ao Pará. “Gostei da recepção, não esperava algo assim. A música trouxe uma ótima energia para quem está chegando”, comenta.

Para a aposentada Moureene Hegan, dos Estados Unidos, a viagem é realização de um desejo antigo dela e do marido: "Sempre tivemos vontade de conhecer a Amazônia e estamos muito animados para conhecer Belém. Vamos visitar o mercado local e provar a culinária paraense", declara.

O clima chuvoso característico dessa época do ano também foi apreciado. "Nós viemos de uma região que fica em um deserto, então nós adoramos a chuva!", comemora a turista, moradora do Arizona, estado norte-americano próximo ao México.

Após o desembarque em Icoaraci, os visitantes seguiram de ônibus para conhecer diversos pontos turísticos da cidade.

O secretário de turismo, André Dias, explica que cada viajante de cruzeiro, ao chegar em Belém, gasta em média 100 dólares na cidade. “Se você calcular a estimativa do número de passageiros e a comparação das moedas, são cerca de 600 mil reais injetados na economia regional apenas com esse cruzeiro. Atualmente, Belém recebe 11 visitas desse tipo de embarcação por ano. É importante valorizar ainda mais esse cenário”, observa André. 

movimentação na economia local a partir da recepção aos turistas é bem avaliada por Silvia Leal, artesã em Icoaraci há 15 anos. “É uma ideia muito boa. O artesanato e outros produtos ganham destaque no caminho que o viajante faz para ir até o ônibus e também para voltar ao navio. Nosso trabalho é divulgado. É a primeira vez que vejo essa organização e espero que aconteça mais vezes”, ressalta Silvia.

Investimento - Para 2020, André Dias explica que o turismo no Estado vai receber um aporte de 50 milhões de reais, valor captado no ano anterior. Além disso, a Setur investe na capacitação profissional para atuação na área e na promoção turística da região através da participação de eventos nacionais e internacionais e na divulgação para programas e veículos voltados ao turismo.



Fonte: Agência Pará e Notícias 

Imagens: Pedro Guerreiro/Agência Pará de Notícias 













sábado, 4 de janeiro de 2020

Cruzeiros: Maceió recebe, domingo, primeiro navio do ano


A capital alagoana recebe no próximo domingo (05) mais um cruzeiro da temporada 2019/2020. O navio Amadea, de origem das Bahamas, é o primeiro a aportar em Maceió em 2020 e deve trazer  à cidade cerca de 800 passageiros entre turistas e tripulantes de diversas nacionalidades e países como Alemanha, Austrália, França e Estados Unidos.
Quinto navio da lista de cruzeiros programados para aportar em Maceió até abril deste ano, o Amadea conta com ambientes luxuosos e dá continuidade à série de visitas que teve início ainda no mês de novembro e já trouxe à cidade mais de 11 mil visitantes em menos de 2 meses, segundo informações do Observatório de Turismo de Maceió, vinculado à Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel)
Durante a estadia do cruzeiro no Porto de Maceió, a Semtel promove a divulgação dos atrativos turísticos da cidade, no Centro de Atendimento ao Turista Móvel (CAT), onde realiza atendimentos durante a chegada e permanência dos turistas e distribui mapas e guias informativos. Ainda no local, os visitantes também são recebidos com uma feira de artesanato e produtos regionais, como cachaças e cocadas, além de apresentações culturais e musicais.
De acordo com o titular da Semtel, Jair Galvão, a recepção aos visitantes faz parte de um projeto de estruturação do Destino Maceió, realizado pela Prefeitura, em parceria com vários órgãos e empresas ligadas ao trade turístico local.
“A Prefeitura de Maceió segue empenhada em receber os nossos visitantes da melhor maneira, seja oferecendo suporte por meio de informações turísticas ou ampliando parcerias com setores da iniciativa privada que se unem a administração pública para consolidar o destino Maceió na rota das grandes embarcações de turismo. Um trabalho fundamental para incluir a capital alagoana no roteiro de visitantes estrangeiros de várias nacionalidades e continentes”, pontuou o gestor.
Maceió ainda deve receber, ao longo dos próximos meses, os navios Costa Pacifica, MSC Poesia e Costa Fascinosa. Os cruzeiros que visitam a cidade até o fim da temporada, que vai até abril, trarão um incremento de, aproximadamente, R$ 18 milhões para economia local.
A temporada de cruzeiros 2019/2020 conta com o apoio da administração do Porto de Maceió, empresa Irmãos Britto, Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Superintendência Municipal de Iluminação Pública (Sima), Luck Receptivo, JR Turismo, Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento e Turismo de Alagoas (Sinfetur), Sindicato dos Taxistas do Estado de Alagoas, Sindicato dos Guias de Turismo do Estado de Alagoas (Singtur), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Sedetur, Polícia Militar, Oplit, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Exército Brasileiro e Procon Maceió.
Luiz Rios/Ascom Semtel

Fonte: Prefeitura de Maceió 
Imagem: Divulgação